'> Aprenda a fazer uma receita de Alcachofra Jolokiana - Pimentoteca

A seguir, saiba como fazer a alcachofra de um jeito diferente e picante, a Alcachofra Jolokiana!

De fato, uma das coisas que mais gosto de fazer é cozinhar, especialmente com os ingredientes que já têm na minha cozinha. Então não costumo seguir receitas.

Este prato de Alcachofra Jolokiana ficou muito bom, porém muito picante, recomendo ir testando aos poucos a quantidade de pimenta para que a ardência fique em um nível que agrade o paladar.

Obviamente, não encontramos alcachofra em nossa cozinha todos os dias, mas adquirindo o item principal, o resto é só incrementar. É um prato leve porque apenas uma alcachofra recheada com a massa já é uma refeição. Também é um prato vegetariano, pois os únicos derivados de origem animal utilizados são o creme de leite e o parmesão.

Recomendo servir com uma salada por exemplo. A que fizemos foi agrião com kiwi e tomate cereja.

Para fazer este prato vamos precisar de:

  • Alcachofras
  • Macarrão tipo espaguete
  • Alho
  • Cebola
  • Azeite
  • Óleo
  • Sal
  • Temperos e ervas frescas
  • Aveia
  • Parmesão ralado
  • Creme de Leite
  • Pimenta Bhut Jolokia

Modo de preparo:

Recomendo cozinhar no bafo por 45 minutos as alcachofras ou na pressão por 20 minutos (teste com uma pétala, se sair fácil já esta boa).

Depois de cozidas, deixe esfriar um pouco. Logo em seguida, puxando com cuidado as pétalas, abra-as, para obter um espaço para rechear. Quando chegar ao centro, retire todas as pétalas desta parte e então retire o espinho da alcachofra, com a mão mesmo. É só ir puxando com paciência (são aqueles “pêlos” que ficam em cima do coração da alcachofra). Reserve-as. Deve ficar algo assim:

Alcachofra aberta já pronta para receber o recheio.
Alcachofra já aberta

Cozinhe o macarrão misturando um pouco de óleo e sal. Quando estiver no ponto (centro do macarrão um pouco duro ainda é o ponto que considero ideal), coloque o mesmo em um escorredor. Em seguida passe por água fria para que pare de cozinhar.

Para o molho, refogue alho com cebola. Quando estiverem quase dourados, acrescente cebolinha, orégano e tomilho a gosto,  (como a base deste molho é verde, o ideal é caprichar nas quantidades), misture bem e deixe dar uma refogada.

Depois acrescente um pouco de água e creme de leite. Para engrossar o caldo acrescente aveia, coloque sal a gosto e qualquer outro tempero que desejar e misture até ficar um caldo bem encorpado. O segredo aqui é ir experimentando toda vez que acrescentar algum ingrediente, com isso você consegue definir o sabor.

Molho para massa - recheio da Alcachofra Jolokiana.
Molho para massa – recheio da Alcachofra Jolokiana

Com o molho pronto misture o macarrão e reserve.

Acrescentando a Bhut Jolokia

Agora vem a parte Jolokiana. Separe algumas pimentas (no meu caso utilizei Jolokia amarela e vermelha). Recomendo começar com apenas um pedaço de cada, pois é uma pimenta muito forte. Fatie bem e refogue com alho e cebola, deixe dourar e acrescente um pouco do macarrão, misturando bem.

Se quiser deixar o prato com uma ardência moderada, utilize apenas a espécie Bhut Jolokia amarela.

Nota importante: neste ponto, deixe a cozinha ventilada no momento de refogar a pimenta. É comum espirrar ou sentir um mal estar ao inalar o vapor que a pimenta exala quando vai ao fogo.

Refogue as pimentas com cuidado para não inalar o vapor. Afinal são Bhut Jolokias.
Refogue as pimentas com cuidado para não inalar o vapor

Depois é só colocar esse macarrão dentro da alcachofra, cobrir com alguns pedaços de parmesão ralado e cebolinha a gosto para decorar.

Leve ao forno até dourar.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.